Comunidade Terapêutica Melhor Viver

A Associação Ministério Melhor Viver (AMMV) administra a Comunidade Terapêutica Marcos Fernandes Pinheiro desde julho de 2012, denominada, nesta gestão, Comunidade Terapêutica Melhor Viver (CTMV), voltada, especificamente para o tratamento de adolescentes do sexo masculino, entre 12 e 17 anos, com uso abusivo e/ou dependência de SPAs (Substâncias Psicoativas = drogas).

A missão da CTMV é oferecer tratamento integral e holístico ao adolescente com dependência química, tratando-o com amor, isto é, tratar o ser humano em desenvolvimento nas suas três dimensões estruturais: corpo, alma e espírito. Proporcionando o desenvolvimento integral do adolescente durante o tratamento, ou seja, um tratamento biopsicossocial e espiritual, conforme determina o Artigo 3º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O Programa Terapêutico realizado na CTMV tem como principal instrumento terapêutico a convivência entre os pares (Art. 1º RDC 29/2011 - ANVISA). É fundamentado na obra de George De Leon “A Comunidade Terapêutica, Teoria, Modelo e Método” e sua metodologia prevê a evolução clínica do indivíduo por meio de um sistema de fases, com duração em torno de nove meses.

O adolescente é encaminhado à CTMV pelo CAPSi (Centro de Atenção Psicossocial Infantil); mas também, através de sua família (demanda espontânea), do Conselho Tutelar, demais órgãos públicos e por determinação judicial (observando o Art. 98 e 101 do ECA).

 

1 Art. 3º A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.

Comunidade Terapêutica

Rua Herculano de Freitas, 751
Jardim Carvalho, Ponta Grossa - PR

CEP - 84.015-105

Ligue:

(42) 3028-9414 (42) 3223-9414

Facebook_16_edited.jpg

© 2017 - Ministério Melhor Viver

comunidade (5)_edited